Tarso Genro compara mídia anti-Lula aos nazistas

GenroO ex-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro (PT) fez uma defesa contundente do ex-presidente Lula, alvo de ataques da midia e de setores do Judiciário. 

Por meio de sua conta o Twitter, Genro atribuiu características de nazismo ao tratamento dispensado a Lula pelo cartel da mídia, formado por Folha, Globo, Estadão e Veja. “A mídia faz de Lula o judeu da década, como os nazis fizeram deles e comunas os alvos do seu ódio à democracia social. É só ler. Weimar”, escreveu.

Para o ex-ministro da Justiça, a crise que atinge os jornais e as revistas do mundo não é somente em função das mudanças tecnológicas, é também de credibilidade e qualidade; “Lula só colocou na mesa da democracia os com fome, os excluídos. E.isso é demais para um país com uma cultura escravista nas suas elites. Suma: Lula é perseguido, não por eventuais ilegalidades que cometeu, mas porque simboliza um cantinho para os “de baixo”, na democracia”, afirmou Genro nesse fim de semana.

Em outro tweet, Tarso Genro afirma que destaca o papel da ofensiva contra o ex-presidente Lula. “O objetivo é processar e desgastar Lula, em cujos governos o Brasil teve a maior projeção internacional da sua história”, afirmou.

Rio Grande do Sul 247

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *