A crise é mais política e menos econômica – Escrito por Eliezer Gomes

1-5904b054-bf2e-4e46-a3b4-fbdd17471d0cO ano de 2015 vive seus últimos momentos e com ele se vão 12 meses de muitas apreensões e incertezas, um ano em que disputas políticas criaram um verdadeiro clima de guerra e consequentemente promoveram uma falsa realidade cujo pano de fundo foi o surgimento de uma sensação da existência de uma crise econômica de proporções caóticas.

Insatisfeita com o resultado eleitoral que reelegeu a presidente Dilma, setores identificados na sociedade como a Elite abastarda, já antes mesmo da posse para o novo mandato da presidente, partiu para a grande investida contra as conquistas do nosso povo durante os 12 anos de governos liderados pelo PT.

Não podemos negar que o país vinha num ritmo muito bom de crescimento e inclusão social com avanços na política de moradia, educação, empregabilidade e em tantos outros aspectos; o comercio acumulou forte crescimento, o turismo cresceu, milhões de pessoas saíram da linha de miséria, a classe média melhorou de vida, shoppings sempre lotados, assim como os restaurantes e as redes hoteleiras, e viajar de avião passou a ser algo normal em todas as camadas da sociedade. Não chegamos a viver num paraíso, mas, a vida melhorou e muito, isto é inegável.

Com a quarta derrota consecutiva do principal partido de oposição (PSDB) no Brasil, as classes abastardas entraram em pânico total, e aliadas a uma mídia golpista partiram para cima com a velha tática do vale tudo apostando no quanto pior melhor (teoria dos fracassados).

A elite começa a praticar no país um verdadeiro terrorismo psicológico e em parceria com órgãos de comunicação totalmente irresponsáveis criam uma “ideia” de que o país quebrou, forjando, na mente dos investidores externos e internos e nos pequenos e médios empreendedores uma insegurança quanto ao investir aqui, sufocando assim nossa economia.

O país passa sim, reconhecemos, por uma crise, mas, é muito mais política do que econômica, e sabemos do nosso potencial haja vista que antes dos governos liderados pelo PT, a situação era realmente muito ruim, com inflação, taxas de juros e desemprego altíssimas, e nós superamos e continuamos a ser a sexta maior potencia do mundo, com futuro promissor.

Que 2016 seja um ano de muita luta e vitórias. Feliz Natal e ótimo Ano Novo para todos nós!

Faltam essa e outras informações

Faltam essa e outras informações

2 Responses to A crise é mais política e menos econômica – Escrito por Eliezer Gomes

  1. Belíssima avaliação Eliezer. O Brasil vive na realidade uma crise politica promovida por essa direita imunda. Vamos reagir, o povo precisa ser esclarecido.

    Como diz você, forte abraço.
    Jonas Soares
    Ipatinga – MG

  2. Silvério Magalhães

    Sim Jonas, belíssima, mas, é preciso que a presidente Dilma faça sua parte e abandone essa política neo liberal. Ela não é de direita, então assuma a defesa dos mais pobres, sem esquecer as outras camadas, tudo bem. Espero que ela volte a ser de esquerda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *