Contracs Lança Campanha P/Respeito aos Direitos dos Trabalhadores/as MC Donald’s Arcos Dourados

Campanha denuncia irregularidades encontradas na rede multinacional Escrito por: Contracs

campanha mc donalds

Falta de equipamento de proteção individual (EPI), jornada móvel e variável, fornecimento de lanches para a alimentação de trabalhadores, acúmulo de função e a utilização da mão de obra de jovens em funções insalubres e perigosas são algumas das irregularidades encontradas na rede multinacional Mc Donald’s/Arcos Dourados pelo Ministério do Trabalho e Emprego e Ministério Público do Trabalho.

Diante deste cenário de exploração, a Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços da CUT (Contracs/CUT) – juntamente com suas entidades filiadas no setor de turismo, hotelaria e gastronomia, que representam os trabalhadores/as da rede Mc Donald’s – lança no próximo dia 24 a Campanha pelo Respeito aos Direitos dos Trabalhadores/as do Mc Donald’s/Arcos Dourados – NÃO! aos pequenos direitos.

Através desta campanha, que terá abrangência nacional, a Contracs denuncia as irregularidades praticadas pela empresa e reivindica por condições dignas de trabalho através de medidas que se contrapõe ao que hoje é prática da rede, tais como o fornecimento de alimentação adequada aos trabalhadores/as; o estabelecimento de jornadas fixas de trabalho bem como de funções determinadas conforme escala necessária; fornecimento de equipamentos de proteção individual para cada trabalhador/a e que a empresa reveja as funções desempenhadas por jovens menores de idade para que eles não exerçam atividades inseguras ou insalubres tal como determina a legislação.

Além disso, a Contracs busca a abertura do diálogo social com a empresa para que as práticas abusivas tenham fim e para que os problemas dos trabalhadores/as sejam solucionados de forma conjunta.

“A busca por condições dignas de trabalho, com saúde e segurança e remuneração adequada faz parte da nossa Campanha Nacional pelos Direitos dos Trabalhadores/as do Mc Donald’s/Arcos Dourados. Além disso, precisamos proteger nossos jovens que trabalham na rede e estão em seu primeiro emprego e devem ser protegidos para continuar no mercado de trabalho. Hoje, 70% da mão de obra do Mc Donald’s é composta por jovens, que não tem seus direitos garantidos e respeitados.” Afirmou o presidente da Contracs, Alci Matos Araujo.

Campanha
Com abrangência nacional, a Campanha Não! aos pequenos direitos foi desenvolvida pela Contracs e será adotada por entidades sindicais de todo o País, que representam os trabalhadores/as da rede Mc Donald’s. Será através do trabalho das entidades sindicais filiadas à Contracs que a campanha ganhará corpo por todo o Brasil nos meses de novembro e dezembro.

“Precisamos denunciar as práticas da empresa para todos os trabalhadores e também para a sociedade, pois a empresa fatura milhões através de uma imagem de felicidade que não corresponde à realidade de seus próprios empregados.” alerta o presidente da Contracs. “Por isso, vamos fazer esta campanha de denúncia em todas as regiões do país e também pelas redes sociais e contamos com o apoio dos trabalhadores, da sociedade civil organizada e de outras entidades nacionais e internacionais na luta pelo respeito à legislação brasileira e aos trabalhadores/as.”

Além de lançar a Campanha, a Contracs apresentará um vídeo sobre as práticas da empresa, que fará parte das ações de denúncia da confederação.

Contracs
A Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços é uma entidade sindical de nível superior, orgânica à Central Única dos Trabalhadores (CUT) e representa mais de três milhões de trabalhadores no ramo do comércio e serviços, entre eles os trabalhadores e trabalhadoras do setor de turismo, hotelaria e gastronomia nos quais estão incluídos os trabalhadores/as da rede Mc Donald’s.

Recentemente, a Contracs formou a Rede Sindical Nacional dos Trabalhadores/as em Comidas Rápidas Mc Donald’s para reivindicar pelo respeito aos direitos dos trabalhadores/as da rede, especialmente no que tange às denúncias já constatadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego e pelo Ministério Público do Trabalho quanto à falta de equipamento de proteção individual (EPI), fornecimento de lanches para a alimentação dos trabalhadores/as, acúmulo de função, jornada móvel variável e o uso de adolescentes em trabalhos insalubres ou degradantes. Tais irregularidades desrespeitam a legislação brasileira e ferem o direito dos trabalhadores/as na rede, especialmente os jovens que compõe 70% da mão de obra da empresa no Brasil.

Serviço
Lançamento da Campanha Pelo Respeito aos Direitos dos Trabalhadores do Mc Donald’s/Arcos Dourados
24 de novembro de 2015 (terça-feira)
Das 8h30 às 11h
Subsede da Contracs – SP: Avenida Celso Garcia, 3177 – Tatuapé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *