Chico Buarque: querem destruir o PT pelo medo de Lula

Ícone da MPB fala sobre a atual crise política e diz que o alvo da oposição não é Dilma Rousseff, mas o seu antecessor, pelo temor que ele volte em 2018.

ChicoO cantor e compositor Chico Buarque saiu em defesa  do PT, da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula em entrevista publicada na noite desta segunda-feira 25 pela versão em português do portal El País. Ao falar sobre a atual crise política e as manifestações contra o governo, ele declarou que “o alvo não é a Dilma, mas o Lula; têm medo que Lula volte a se candidatar”.

Chico disse que “entre aqueles que saem às ruas há de tudo, incluindo loucos pedindo um golpe militar. Outros querem acabar com o Partido dos Trabalhadores, querem enfraquecer o Governo para que, em 2018, o PT chegue desgastado nas eleições”. Para ele, a situação atual é “muito confusa, não há nenhuma maneira de saber o que vai acontecer nos próximos anos”.

O músico classificou a oposição de “muito dura” e defendeu, sobre o governo, que “é preciso tomar certas medidas impopulares”, pois “a crise econômica é forte”. O ícone da Música Popular Brasileira afirmou sem receio que ‘toma partido’ e que não tem “qualquer problema em declarar isso. Sempre apoiei o PT, agora a Dilma Rousseff e antes o Lula”.

“Apesar de não ser membro do partido, de ter minhas desavenças e de votar em outros candidatos e outros partidos em eleições locais. Mas sempre soube que o problema deste país é a miséria, a desigualdade. O PT não resolveu tudo, mas conseguiu atenuar. Isso é inegável. O PT tem melhorado as condições de vida da população mais pobre”, declarou.

Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *